sábado, 5 de setembro de 2015

INTEGRANDO A SÉTIMA ARTE 2015

Algumas das obras produzidas até hoje a partir do projeto. Imagem: Athos Amorim

O projeto foi criado por mim, Daniel Filho, em 2008 com o intuito de transformar a produção cinematográfica de jovens estudantes em intervenção pedagógica de incentivo à leitura e produção textual (retrospectiva do projeto, assim como regras, em anexo ao fim da matéria).
Entre dificuldades, obstáculos e sucesso, foram mais de 50 (cinquenta) produções cinematográficas, no formato curta-metragem, produzidas por crianças e adolescentes de escolas públicas e rede particular de ensino em Petrolândia.
Fazendo um balanço de todo o material que foi produzido, muitos como verdadeiros registros históricos da memória de nossa cidade, é perceptível o tamanho da responsabilidade de se incentivar a produção local, divulgar e preservar todas as produções.
Para isso a proposta da edição 2015 do projeto é sair dos muros da escola. Promover e abrir espaço para toda a população construir seu curta-metragem, tanto ficcional (original ou adaptado), como documentário para que, junto à comunidade, possamos promover uma mostra gratuita da produção cinematográfica local. Reexibir parte do que foi produzido até aqui para o projeto, e, claro, as produções inéditas. Portanto a convocação está feita: Casa das Juventudes, Ong’s, escolas municipais e estaduais, associações, secretarias de educação, cultura e ação social, grupos de jovens e da melhor idade, ex-estudantes que já participaram do projeto... Estão convocados a enriquecer o acervo de produção cinematográfica de nossa cidade.
Os curtas deverão ser entregues na Escola Jatobá até o dia 26 de Outubro, para os estudantes da escola que já estão em fase de pré-produção, e até o dia 6 de Novembro para os demais.

Se a arte faz a diferença, façamos arte!