quinta-feira, 20 de outubro de 2016

UAST/UFRPE - RESULTADOS DA DISCUSSÃO

Imagens enviadas por Luís Meireles

Em reunião ontem (19) estudantes, técnicos e professores definiram por formar uma comissão que solicitará o cancelamento do projeto 5173/2016, em tramitação de autoria do deputado federal Kaio Maniçoba, que gira em torno da emancipação da unidade acadêmica, que passaria a ter status de Universidade Federal do Sertão, com políticas de gestão e recursos próprios. Os questionamentos nascem da ausência de diálogo entre governo e comunidade acadêmica:

“Não tem sentido, tornar uma universidade Federal em outra universidade Federal. A emancipação em si não é ruim, mas a forma que ela está sendo imposta é que está deixando todos incomodados.                      
Se for pra ter emancipação o projeto tem que sair daqui da unidade e não empurrado de cima pra baixo em forma de projeto de lei. O modelo que está sendo imposto não nos dá garantia concreta dos benefícios que a universidade terá.
A nossa luta é essa, se for pra emancipar a comunidade inteira tem que participar do processo. A unidade de Garanhuns será emancipada também, mas lá o processo não está sendo empurrado goela a baixo como aqui.”

Afirmou o estudante de administração e presidente do Diretório Acadêmico, Luís Meireles, à nossa matéria.

A garantia do transporte universitário gratuito, outro ponto de reivindicação, ainda será tratado com a reitora Maria José de Sena que irá ao campus no próximo dia 9 tratar  dessa discussão específica.