quarta-feira, 22 de novembro de 2017

VOTAÇÃO DAS CONTAS DE LOURIVAL SIMÕES, QUE ACONTECERIA LOGO MAIS, SUSPENSA...

Imagem: Assis Ramalho

A nova decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco, aprovando suspensão da votação das contas do ex-prefeito de Petrolândia, Lourival Simões no exercício de 2009, através de uma liminar apresentada ao Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), confirma o que se imaginava com as últimas decisões de parte da bancada da câmara de vereadores que vinha adiando a votação das contas do ex-prefeito referente a 2009: impossibilitado de ver sua prestação de contas aprovada, cabia ao ex-prefeito ganhar tempo. Ganhou!
Comumente ouvíamos de vereadores de oposição e ex-vereadores que Lourival “adiava o inadiável”, e que, independente de adiamento, suas contas seriam votadas e, com seu resultado, iriam ver seu principal opositor derrotado e desmoralizado politicamente. Subestimaram seu poder de articulação nos bastidores.
Com o “novo capítulo” a justiça concede ao ex-prefeito o pedido de rescisão do processo TC Nº 1407963-0 que anula a reprovação com ressalvas de suas contas, assim como anula a passagem das contas para aprovação ou não perante o Poder Legislativo, votação que aconteceria logo mais (22) em Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Petrolândia.