quarta-feira, 12 de setembro de 2018

MÉTODO DE ALFABETIZAÇÃO CUBANO ATENDE MILHÕES EM MAIS DE 130 PAÍSES




Cuba celebrou no último dia 8 o Dia Internacional da Alfabetização, com o mérito de matricular milhões de pessoas em mais de 130 países.
A maior das Antilhas foi destacada em todo o mundo pela implementação em grande escala do método “eu posso fazer” para ensinar leitura e escrita.
Em declarações à Prensa Latina, diretora do Escritório de Cultura da Unesco em Havana, Katherine Muller explicou que a entidade está focada em um amplo programa de abordagem de tecnologias para a educação.
“Desta forma, o analfabetismo pode ser erradicado em mais de 264 milhões de crianças e adultos que ainda não possuem habilidades básicas em alfabetização", disse Muller.
Por sua parte, o presidente da Comissão Nacional de Cuba para a UNESCO, em Havana, Oscar Leon considerou que a Campanha de Alfabetização materializou na ilha em 1961 foi um marco na América Latina e especialmente em crianças e jovens na nação caribenha.
O fato, disse Leon, tinha um caráter emancipador para a educação.




FONTE: Solidariedade Cubana