quinta-feira, 29 de agosto de 2019

EREM DE JATOBÁ TERÁ CURSO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE

Imagem: divulgação


A Escola de Referência em Ensino Médio de Jatobá, em Petrolândia, passará a ter seu ensino médio integrado ao profissional. Foram ofertadas 4 opções de cursos técnicos (Administração, Desenvolvimento de Sistemas, Recursos Humanos e Segurança do Trabalho), onde os estudantes definirão, ainda essa semana, por dois que a escola passará a ofertar no modo à distância (EAD).
O início dos cursos será ainda esse semestre com a duração de três semestres.
Serão contemplados estudantes devidamente matriculados na escola que estejam cursando o 2°ano do nível médio em 2019.

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

PETROLÂNDIA TEM A OPORTUNIDADE DE GARANTIR RECURSOS E ASSISTÊNCIA PARA O MEIO AMBIENTE



O município de Petrolândia, sertão de Pernambuco, constantemente faz reuniões, audiências e conferências para discutir a pauta “meio ambiente”, mas, por vezes, esbarra em obstáculos como a falta de recursos para implantação de políticas públicas sustentáveis.
No entanto está aberto o edital “Cidade+Recicleiros 2019” que prevê assessoria técnica e investimentos para implementar a coleta seletiva operando com qualidade e eficiência no município. 
O Cidade+Recicleiros é o programa que implementa a coleta seletiva em parceria com os municípios brasileiros, assessorando as prefeituras na implementação da coleta seletiva inteligente através de assessoria técnica especializada e investimentos em infraestrutura e comunicação. No entanto o município ainda não fez adesão e tem até domingo (1) para participar.
Os municípios contemplados receberão: coleta seletiva inteligente, assessoria técnica e investimentos para implementação das ações previstas no Plano de Coleta Seletiva Inteligente por até 60 meses.

PETROLÂNDIA PODE

O município já conta com ONG’s e associações que trabalham com reciclagem o que aumenta o tempo de uso do aterro sanitário, melhora a qualidade de vida, e gera renda para centenas de pessoas. Com políticas públicas efetivadas e ações compartilhadas o município só tem a ganhar ao participar do edital para captação do recurso.
Para conhecer mais sobre o edital e ouvir prefeitas, prefeitos, secretárias e secretários que aderiram e captaram recursos via editais passados, acesse no link abaixo:

PARA O CIDADÃO APOIAR:

PARA O MUNICÍPIO ADERIR:

O LIXO PODE VIRAR LUXO. O Blog Gota D’Água sempre esteve presente nas discussões e divulgação de práticas em defesa do meio ambiente.
Nas matérias abaixo conheça de que forma Petrolândia pode se beneficiar a partir desse e de tantos outros editais:






GOVERNO BOLSONARO CANCELA PRÊMIO “PROFESSORES DO BRASIL”

Imagem: acervo


O Ministério da Educação (MEC) cancelou nesta terça-feira (27) premiação que reconheceria professores de escolas de educação básica, etapa apontada como prioridade do governo Jair Bolsonaro (PSL). 
O Prêmio Professores do Brasil, que está em sua 12ª edição, além de valorizar a carreira docente e educadores que estão ajudando a melhorar a aprendizagem, dá visibilidade a experiências diversas e estimula práticas pedagógicas inovadoras.
A edição que foi cancelada previa o reconhecimento de mais de 500 professores e a distribuição de R$ 278 mil a profissionais de destaque.
A decisão surpreendeu parceiros do projeto, como entidades que representam secretários municipais e estaduais de Educação. A revogação, publicada nesta terça no Diário Oficial da União, ocorre no dia em que se esperava a divulgação vencedores de uma etapa estadual.

Imagem: Evaristo Sá

A avaliação dos trabalhados passa por três etapas, a estadual, regional e nacional. Na estadual, 486 professores seriam premiados. Já na regional, há um vencedor por categoria e região, isto é, são 30 vencedores. A última avaliação é a nacional, onde são contemplados seis vencedores, um por categoria.

COMO SERIAM AS PREMIAÇÕES?

As recompensas seriam divididas por categoria e temática especial:

Nacional (seis premiados)

R$ 8 mil
Viagem (em missão de estudos)
Troféu

Regional (30 premiados)
R$ 5mil
Medalha;
Placa para as escolas;
Participação no evento final de premiação;
Participação em programas da TV Escola;
Viagem em missão de estudos para os vencedores do ensino médio.

Estadual (483 premiados)
Certificado
Medalha

Temáticas especiais:

Esporte como estratégia de aprendizagem: R$ 5 mil para até 5 professores de educação física;
Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional: R$ 15 mil divididos para três professores (R$ 5 mil cada);
Educação empreendedora: Três professores ganharão participação em missão nacional para conhecer uma experiência inovadora de Educação Empreendedora.
Criação e produção de linguagens de mídia por professores e estudantes no ensino fundamental e médio: R$ 5 mil e participação no programa da TV Escola “Professor Presente” para até 5 professores;
Aprendizagem criativa: R$ 15 mil divididos para três professores (R$ 5 mil cada).

Para saber mais sobre o prêmio:

domingo, 25 de agosto de 2019

BOLSONARO CONDECORA OS FILHOS PELA SEGUNDA VEZ EM MENOS DE UM MÊS

Imagem: Pedro Ladeira/folhapress


Em meio a bloqueios de recursos, governo Bolsonaro já gastou R$ 1,6 milhão com medalhas. Em menos de um mês, o presidente Jair Bolsonaro condecorou os filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), com mais uma condecoração do governo, dessa vez agraciados com a Ordem do Mérito Naval que é entregue a personalidades civis e militares que tenham prestado serviços relevantes à Marinha.
A Ordem também foi concedida a sete governadores, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Thompson Flores e ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

PETROLÂNDIA TEM CINECLUBE E ESTREIA AMANHÃ (24)



Amanhã (24), em Petrolândia, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais a partir das 16h00min, acontecerá a exibição gratuita do documentário de Petra Costa “Democracia em Vertigem”. Estudantes e professores se reunirão e convidam a comunidade para assistir e debater o filme que mostra o testemunho da diretora acerca da ascensão e queda de um grupo político e a polarização do Brasil.

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES

Imagens: CMPM


Aconteceu ontem (20) a III Conferência Municipal de Políticas para Mulheres na Escola Estadual Delmiro Gouveia. Representatividade, enfrentamento à violência contra a mulher, participação política, empoderamento, empreendedorismo feminino, resistência para enfrentar os retrocessos foram alguns dos muitos temas que permearam as palestras e salas divididas por eixos.
Ana Tereza, presidenta do conselho e coordenadoria da mulher falou sobre a importância do evento:
“A 3 CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A MULHER, serviu não apenas para apontar o caminho a ser trilhado nos próximos anos no nosso município, mas também serve de base para indicação dos delegados para a Conferência Estadual e por conseguinte a Nacional, se houver. Um momento delicado o nosso país passa, vai além da crise econômica e política. Um período onde está em xeque a tolerância das mais diversas formas, sejam elas, religiosas, de gênero, raça, como também do papel da mulher na nossa sociedade! O machismo tem dado sinais claros quanto a isso! Precisamos combatê-lo, porém sem perdemos o prumo e nem muito menos a nossa voz. Discutimos isso, o nosso fortalecimento perante o governo municipal, Estadual e Nacional! Precisamos cada vez mais de momentos como este, em pensar o país e o mundo para todos! A nossa sensibilidade é um dos diferenciais para a construção de um Brasil melhor para todos!”
Questionada sobre os pontos positivos e negativos do evento:
“Pontos Positivos: Nem todos os municípios conseguiram realizar suas conferências, estamos na nossa 3ª; Sabemos que haverá a Estadual, o Governador garantiu isso, porém não há ainda sinalização por parte do Governo Federal em realizar a Nacional, o que seria mais um retrocesso nas políticas públicas. Participação efetiva de algumas mulheres da área rural, dos mais diversos segmentos. A escolha das Palestrantes, que conhecem as realidades da nossa região, uma professora e a outra índia; O local da reunião foi excelente, fácil acesso, amplo; Participação de vários jovens;
Pontos negativos: Poderia haver uma maior participação das mulheres do município, principalmente da zona urbana, muitas e muitas vezes há o questionamento do que poderia ser feito e em momentos como esses, específicos, simplesmente não se fazem presentes para opinar na construção de projetos, programas, sugestões para o Município, Estado ou País; A participação de algumas pessoas apenas no início.  Na hora de apresentar as propostas na plenária, acho que só tinha a metade das(os) participantes.”
Destacou.
Fabiane Kelly, sindicalista, conselheira e delegada na conferência declarou:
“Em tempos de fascismo onde o governo ditador extingue conselhos, não quer a realização de conferência, persegue as mulheres, Petrolândia-PE reativa Conselho Municipal de Direito da Mulher, realiza a III Conferência Municipal de Políticas para Mulheres, com a participação de 180 mulheres, entre elas representantes do espaço rural, urbano, assentamento. Destaque para a participação da juventude que debateram nos eixos e foram para plenária apresentar as propostas como: Patrulhamento Maria da Penha, com apoio da Guarda Municipal; Reuniões do Conselho descentralizadas, para que estudantes e pra quem mora no espaço rural possam participar.
Tudo isso só é possível com investimento/ orçamento.
As Mulheres solicitaram na conferência Municipal de Assistência Social e hoje a abertura do CREAS Municipal porque no que se refere às violações de direitos estamos descobertas.
Diferente de outras conferências as pessoas estão percebendo a importância de ocupar lugares de fala e decisões, tivemos uma renovação, não apenas em participação, como em falas riquíssimas que prometem um futuro promissor.”
Maria Helena, delegada na conferência, funcionária pública e sindicalista, destacou:
“A III Conferência Municipal de Políticas para as mulheres de Petrolândia foi diferenciada das anteriores pelo quantitativo de mulheres representantes de vários segmentos, como também a participação em massa das jovens, que é nosso o futuro, pelo interesse em contribuir e lutar por uma democracia de igualdade de direitos entre homens e mulheres.”
Para a etapa estadual foram eleitas, representando sociedade civil, delegadas as professoras Raiane Sales e Adriana Gomes de Araújo.



terça-feira, 20 de agosto de 2019

DESAPARECIMENTO DE NAYARA: 10 DIAS E NENHUMA RESPOSTA

Imagem: Whatsapp


Para a polícia ainda é um mistério, após 10 dias, o desaparecimento de Nayara Emanuela dos Santos Silva, 22 anos, em Petrolândia, sertão de Pernambuco. Para os familiares a preocupação e o medo que rondam o desaparecimento da jovem mãe de três filhos é que não há nenhuma informação.
Nayara, que saiu para visitar seu namorado em São José do Egito-PE no último dia 10 de agosto, mas não se teve mais notícias de seu paradeiro antes mesmo de pegar a lotação prevista para sua viagem até Serra Talhada-PE, de onde pegaria outro transporte até o destino final.
O mais estranho, para os familiares, é que nada tem sobre seu paradeiro, nenhum contato, nem sequer uma informação, seja de amigos ou do namorado para se ter ideia do destino de Nayara.
Segundo o tio da desaparecida, Alexandre Sertão, não há informações sobre as investigações e espera que a quebra dos sigilos telefônicos e de suas redes sociais possam ajudar a localização de sua sobrinha.
Uma vez feito um Boletim de Ocorrência na delegacia, o que tem que ser realizado no mesmo instante em que se dá o desaparecimento, sendo preciso desmistificar de que é preciso esperar 24h, 48h para este registro. Tal procedimento deve ser feito imediatamente após a pessoa desaparecer para que se iniciem as buscas, para que se abra um inquérito de investigação acerca de um possível crime e que seu nome seja imediatamente constado no Cadastro Nacional de Informações (INFOSEG) para a tarja de desaparecida.
Várias autoridades e pessoas ligadas à Defesa das Mulheres estão sendo procuradas para que se tenham melhores condições nos trabalhos de buscas. O sumiço ganhou o noticiário local, as redes sociais e o mistério permanece por todo o município de Petrolândia.
As últimas informações a seu respeito é de que ela saiu para viajar, por volta das 5h da manhã, até São José do Egito, mas não chegou lá.
Quem tiver informações pode ligar para o número pessoal de seu tio: (87) 9 9630-7729, 190 ou números da Polícia Civil.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

FESTIVAL LITERÁRIO ESCOLA VIVA: OS NÚMEROS DO PROJETO

Imagens: EREM de Jatobá


O Festival Literário Escola Viva (FLEV), projeto desenvolvido na Escola de Referência em Ensino Médio de Jatobá, sertão de Pernambuco, Petrolândia, chegou a sua segunda edição com o tema "Petrolândia's: Nosso Passado? Presente!" destacando o gênero literário “memória” que recontou a história do município às novas gerações.
Como na primeira edição (2017), o festival homenageou grandes nomes do município: o jornalista, escritor e político petrolandense Hildebrando Menezes (em memória) e a Fundadora e presidenta da ONG IGH - Instituto Geográfico e Histórico de Petrolândia, Paula Francinete Rubens.
Salas temáticas, exposições, gincana, música, recital, roda de conversa... apresentaram os resultados de pesquisas dos estudantes, além de revelar talentos nas artes mediado pelas professoras e professores da unidade de ensino, no último dia 16 de Agosto (dia aberto à comunidade).

NÚMEROS DO FLEV

A EREM de Jatobá disponibilizou os números referentes ao projeto:
62 funcionários da educação e 288 estudantes envolvidos, direta ou indiretamente, para a realização do projeto;
6 espaços temáticos para visitação e 1 auditório para apresentações artísticas;
1 monólogo apresentado;
4 apresentações musicais produzidas e apresentadas por estudantes e jovens convidados;
47 textos do gênero "memória", 10 poesias e 9 ilustrações produzidas e apresentadas pelos estudantes;
154 Histórias em quadrinhos e 900 livros literários (1054) arrecadados via doação para ampliação do acervo da escola e da biblioteca pública municipal;
2 personalidades homenageadas;
1 estudante premiada pela quantidade de livros lidos no primeiro semestre (12);
1 turma premiada com uma viagem para Xingó pelo resultado da Gincana;
1012  visitantes recebidos no dia 16.

A escola agradece a todas e todos que compareceram, compartilharam e divulgaram o evento e promete uma terceira edição em 2020 com data e formato a se definir.


DIVULGUE NO GOTA:


Muitos projetos de intervenção pedagógica e cultural acontecem e, por vezes, passam despercebidas quando precisam ser divulgadas para inspirar novas ações e metodologias. Sua escola, grupo ou comunidade tem algum projeto de intervenção que deseja tornar pública sua ação e resultados? Envie um breve relato, imagens e resultados para o Blog Gota D’Água através do e-mail:
Ou através de nossas redes sociais:
Página do Blog no Facebook:
Grupo da rede Whatsapp:


MATÉRIAS RELACIONADAS














domingo, 18 de agosto de 2019

LIVRO QUE MOSTRA PORQUE DEVEMOS CONFIAR EM BOLSONARO QUEBRA RECORDES DE VENDAS E VIRALIZA NA INTERNET

Imagem: reprodução


Um livro sobre o presidente Jair Bolsonaro viralizou na web e gerou reclamações com clientes da plataforma “Amazon”. “Por Que Bolsonaro Merece Respeito, Confiança & Dignidade?” tem, segundo sua descrição, o objetivo de responder “à pergunta que não quer calar o Brasil”. A profundidade reflexiva da obra se estende por 188 páginas, no entanto, todas em branco. A Amazon vendia cada exemplar a R$ 39,64 reais, mas sem informar que não havia conteúdo escrito.
Sucesso de venda entre bolsonaristas a sátira gerou reclamações de internautas que se sentiram enganados por não serem avisados. Mas houve internautas que escreveram avaliações positivas sobre a ideia. “Excelente análise, recomendo!”, diz uma usuária, em 14 de abril. “O livro do ano. Capturou a essência de Bolsonaro por completo”, diz outro comentário, escrito após viralizar.
Na plataforma, a descrição dizia apenas que “em meio ao turbulento momento em que vive nosso país, somente este livro pode te dar a resposta mais sincera sobre o Presidente Jair Bolsonaro”. Após “o sucesso”, a Amazon adicionou à descrição da obra a informação: “ATENÇÃO: [Livro Sátira] Este livro possui apenas 2 páginas escritas e 188 páginas em branco”.
A “obra” foi escrita pelo gaúcho Willyam Thums, de 30 anos, que termina um curso de pós-graduação em literatura na Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos.
Nas duas páginas, há apenas uma nota em que Thums afirma que a obra é “resultado de incansáveis horas de trabalho” e que “oferece um viés exclusivamente imparcial sobre os inegáveis méritos” do presidente da República.
Ao jornal O Globo, Thums contou que a ideia do livro surgiu a partir de uma conversa entre amigos americanos, depois que descobriu sobre a existência de um livro parecido sobre o presidente Donald Trump. Nas redes sociais, o autor da obra declarou voto em Ciro Gomes (PDT).

124 FOCOS DE INCÊNDIO NA BR-163 PRODUZIDOS POR FAZENDEIROS




Estimulados por Bolsonaro, fazendeiros promovem "dia do fogo" na Amazônia. Cidades que cortam a BR-163 no sudoeste do Pará foram tomadas por densas nuvens de fumaça no fim de semana.
Os reiterados ataques do presidente Jair Bolsonaro (PSL) às políticas ambientais, aos ambientalistas e aos órgãos de fiscalização estimularam fazendeiros da região amazônica a promoverem no último fim de semana um “dia do fogo” ao longo da BR-163, no sudoeste do Pará. Várias cidades foram cobertas por densas nuvens de fumaça.
“Precisamos mostrar para o presidente que queremos trabalhar e único jeito é derrubando. E para formar e limpar nossas pastagens, é com fogo”, afirmou ao jornal “Folha do Progresso” um dos organizadores da manifestação.
Nesta quarta-feira (13), dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostraram o tamanho do estrago feito pelos fazendeiros.
No sábado (10) a principal cidade da região, Novo Progresso, teve 124 registros de focos de incêndio, aumento em 300% em relação ao dia anterior. No domingo, foram 203 casos. Outra cidade bastante atingida foi Altamira, com 194 casos no sábado e 237 no dia seguinte.
Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o Ministério Público Estadual investiga o caso.
O jornal lembra que, após a posse de Bolsonaro, o Ibama parou de fiscalizar as queimadas em Novo Progresso porque suas ações perderam apoio da Força Nacional, ligada ao Ministério da Justiça, e da Polícia Militar.

Fonte: Brasil de Fato

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

ASSOCIAÇÃO CÁSSIO ALVES COMEMORA 3 ANOS



Aniversário do 3º Ano da Associação dos Moradores Cássio Alves de Petrolândia, será comemorado no próximo domingo (18) na sede da associação Cássio Alves BR 316.

PROVIDA CONSEGUE RECURSO VIA EMENDA PARLAMENTAR DA DEPUTADA ESTADUAL TERESA LEITÃO (PT)



O senhor Ângelo Zanre ex-Cáritas regional , hoje representando o provida em Recife, conseguiu a emenda parlamentar de 2020 com a deputada Teresa Leitão (PT), Ângelo trabalha há muitos anos quase 40 anos em organizações sociais a nível de Brasil.
Informações e foto enviadas por padre Luciano.

terça-feira, 13 de agosto de 2019

MAIS DE 150 CIDADES REALIZARÃO ATOS HOJE EM DEFESA DA EDUCAÇÃO

Imagem: reprodução


O “tsunami da educação”, como ficaram conhecidas as manifestações públicas em defesa da educação , acontecerá em mais de 150 cidades hoje (13) como parte da Jornada de Luta Pela Educação, convocada pela União Nacional dos Estudantes (UNE).
Os principais alvos dos protestos são o programa do governo federal “Future-se” – que pretende terceirizar o financiamento do setor –, os cortes no orçamento da educação e a reforma da Previdência, que está em tramitação no Senado. Ao todo, 26 dos 27 estados já confirmaram manifestações.
Desde que os cortes na educação foram anunciados, as universidades e os institutos federais sofreram a perda de R$ 6,1 bilhões em verbas. Nos campis espalhados pelo país, há diversas instituições de ensino superior que estão com contas atrasadas e dificuldades para o pagamento de salários do corpo docente e de funcionários.
Abaixo a lista dos atos nas capitais:



Para conferir o mapa completo de todas as manifestações que acontecem pelo país, clique no link abaixo:



segunda-feira, 12 de agosto de 2019

VAZA JATO: NOVOS VAZAMENTOS MOSTRAM DALLAGNOL USANDO O MOVIMENTO “VEM PRA RUA” COMO LARANJA

Imagem: Folha press


O site The Intercept Brasil publicou novos vazamentos que mostram Deltan Dallagnol, procurador responsável pela operação lava-jato, manipulando movimentos de rua, como o “Vem pra Rua” e “Instituto Mude”, para causas políticas pessoais dele e da operação.
O promotor pautou atos públicos, publicações em redes sociais e manifestações dos movimentos de forma oculta, tomando cuidados para não ser vinculado publicamente a eles. Os chats mostram que Dallagnol começou a se movimentar para influenciar a escolha do novo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal apenas um dia após a morte do ministro Teori Zavascki, antigo responsável pelos processos da operação no STF.
Os diálogos mostram ainda que o procurador articulou ações para constranger ou pressionar ministros nos julgamentos que discutiram a prisão em segunda instância.
Dallagnol instruiu procurar o “Vem Pra Rua” para reproduzir mensagem do jurista Luiz Flávio Gomes cujo teor atacava Mendes, Lewandowski e Toffoli a afirmar que “comprovar-se-á que o diabo também pode vestir toga” se a relatoria da Lava Jato caísse com um dos três. Mas pediu anonimato na sugestão: “só não me citem como origem, para evitar melindrar STF”.
O “Mude” seguiu a recomendação e logo compartilhou o texto do jurista. No fim das contas, Fachin foi transferido para a 2ª Turma e acabou sorteado relator da Lava Jato. Dallagnol comemorou o resultado em 2 de fevereiro numa conversa com Fabio Oliveira, do Mude: “Fachin foi coisa de Deus”.
Essas e outras revelações podem ser acompanhadas integralmente no site:

domingo, 11 de agosto de 2019

FESTIVAL LITERÁRIO DA EREM DE JATOBÁ HOMENAGEARÁ HILDEBRANDO MENEZES E PAULA RUBENS

Arte: Francis Rubens



Com o tema "Petrolândia's: Nosso Passado? Presente!" edição do festival literário promovido pela Escola de Referência em Ensino Médio de Jatobá homenageará o jornalista, escritor e político petrolandense Hildebrando Menezes (em memória) e a Fundadora e presidenta da ONG IGH - Instituto Geográfico e Histórico de Petrolândia, Paula Francinete Rubens.
Salas temáticas, exposições, cinema, gincana, música, recital, roda de conversa... apresentarão os resultados de pesquisas dos estudantes, além de revelar talentos nas artes.
Dia 15 de Agosto o festival terá início com atividades internas. Dia 16 será aberto à comunidade escolar a partir das 8h30min.
Essa é a segunda edição do festival que em 2017 homenageou o compositor Ruy Sá e o cordelista Zé Luiz.
Para relembrar, clique no link abaixo:


ESCOLAS MILITARIZADAS

Imagem: Agência Brasil


O Distrito Federal experimenta, desde o início deste ano, um modelo de gestão compartilhada de escolas públicas entre a Secretaria de Educação e a Polícia Militar, vinculada à Secretaria de Segurança Pública. Promessa de campanha do então candidato, agora governador, Ibaneis Rocha (MDB), as chamadas escolas militarizadas são um fenômeno em ascensão no país. Impulsionado pela onda conservadora crescente, expressada mais claramente no Bolsonarismo, o número de escolas sob gestão da PM cresceu 212% entre 2013 e 2018, segundo um levantamento da revista Época. Estima-se, para esse ano, que mais de 70 escolas estejam sendo geridas por policiais militares em pelo menos 14 estados.
Para amparar a militarização nas escolas, foi editada uma Portaria, que define de forma genérica diferentes níveis de gestão, sendo que a parte pedagógica permanece à cargo da Secretaria de Educação e a gestão "disciplinar cidadã" seria comandada pelos policiais militares, com total autonomia entre as partes, mas sem detalhamentos mais específicos sobre o exercício dessas atribuições.
Na prática, os relatos de alunos e professores sobre o modelo é a imposição de regras duras de disciplina, que incluem ordenamento austero das movimentações dos estudantes na escola, formação de filas, mãos para trás e cabeça baixa. Há também exigência de uniforme específico (fardamento) e obrigação de cortes de cabelos curtos e presos, proibição de brincos e colares chamativos, entre outras.

NA ESCOLA MILITAR O DESEMPENHO ESCOLAR MELHORA?

Estudo da Universidade Federal do Ceará (UFC) analisou o desempenho das escolas militares no Enem e na Prova Brasil e concluíram que o fator determinante para um resultado médio melhor em relação às demais escolas não está na militarização, mas justamente num processo de seleção de estudantes, que acabam elevando o patamar de desempenho geral da escola.
"O estudo fala que não há melhoria, de fato, nas notas. O que eles fazem é eliminar as notas baixas com essas pessoas se retirando das escolas. Então, há uma grande evasão escolar nesse processo de militarização das escolas, nesse estudo nacional. Esse estudo analisou as notas de português e matemática e revelou que ninguém melhorou as notas de português e matemática e ninguém melhorou a nota, mas na verdade o que houve foi que as notas baixas de português e matemática foram [de alunos] excluídos das escola", argumenta o deputado Fábio Felix (PSOL).
Alunos que não se enquadram no modelo estão sendo pressionados a sair das escolas, e muitos já saíram. A Secretaria de Educação não informa números, mas o Sinpro estima que ao menos 70 movimentações de alunos podem ter ocorrido nos últimos meses.

Fonte: Brasil de Fato

MATÉRIA RELACIONADA