sábado, 8 de maio de 2021

DEPUTADO FEDERAL, TÚLIO GADELHA, PEDE VACINAÇÃO À COMUNIDADE INDÍGENA PANKARARU ANGICO

 


O deputado federal, Túlio Gadelha (PDT), encaminhou ofício ao Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, intercedendo pela comunidade indígena Pankararu do Angico, em Petrolândia, sertão de Pernambuco, que luta pelo direito de ser vacinada contra a Covid-19.
A seguir ofício na íntegra:

"Excelentíssimo Senhor 
ANDRÉ LONGO
SECRETÁRIO DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
Secretaria Estadual de Saúde do Governo de Pernambuco
Rua Dona Maria Augusta Nogueira, 519, Bongi, Recife/PE, CEP: 50751-530
Assunto: Recomendação de vacinação de toda a Comunidade Indígena de Pernambuco

Senhor Secretário,

Venho respeitosamente, através do presente expediente, cumprindo as funções de membro da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas, solicitar as providências pertinentes face aos fatos descritos abaixo.
Vem ao conhecimento deste Gabinete Parlamentar, reivindicação constituída pelas lideranças do Povo Angico Pankararu, comunidade de cerca de 40 (quarenta) famílias que ocupa às margens do rio São Francisco na cidade de Petrolândia, quanto à ausência de inclusão de sua comunidade no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.
Isto porque, conforme veiculado pelos meios de comunicação, a inclusão das etnias indígenas no grupo prioritário de imunização foi realizada apenas para aquelas comunidades que tiveram suas terras demarcadas pela União. Ocorre que, diante da adoção desse critério, cerca de 15 (quinze) mil indígenas espalhados por sete territórios no estado de Pernambuco  não entrarão no rol de grupos prioritários da vacina1. 
Tal segregação dos povos indígenas aldeados e não homologados possui caráter discriminatório, sendo plano de fundo da ADPF nº 709, que determinou em sede de liminar a prioridade na vacinação aos povos indígenas localizados em terras não homologadas e urbanos sem acesso ao SUS, tendo em vista seu modo de vida coletivo, à dificuldade de levar atenção especializada a seus membros e à sua localização, já que se situam em áreas, em geral, de difícil acesso. Nesse sentido, considerando o compromisso e deferência do Governo pernambucano, juntamente aos demais órgãos competentes nas ações junto às tribos situadas no território do estado de Pernambuco, este documento tem por objetivo requerer a instalação da vacinação dos povos tradicionais em sua totalidade, independente do critério de demarcação das terras indígenas.
Assim, convicto da Vossa colaboração e prestimosidade frente ao conteúdo deste 
documento, mormente a hodierna conjuntura de toda sociedade brasileira, na oportunidade, renovo protestos de estima e consideração.
Atenciosamente,
Deputado Túlio Gadelha"

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Resumo da gota: Treta, aglomeração e cadê o dinheiro ?



Uma briga nas redes sociais pode ter iniciado um novo capítulo da novela sobre uma suposta denúncia de corrupção no município.

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS DA CÂMARA FEDERAL SOLICITA AGILIDADE NA VACINAÇÃO DA COMUNIDADE PANKARARU ANGICO

Imagem: Daniel Filho




O deputado federal e presidente da comissão de direitos humanos e minorias, Carlos Veras, em ofício, pede agilização da vacinação da comunidade Indígena Pankararu Angico, localizada em Petrolândia, sertão de Pernambuco.
O ofício atende ao pedido do líder indígena Pankararu, Sr. Ubirajara Fernandes, que contou com intensa mobilização da ONG repensar, equipe gota D'água (Blog e Canal) e o Núcleo de Prática Jurídica do curso de Direito da UNEB, campus Paulo Afonso, através dos professores Bruno Heim e Isan Lima.
Abaixo a íntegra do ofício remetido ao Secretário Especial de Saúde Indígena:
"A Sua Excelência o Senhor
ROBSON SANTOS DA SILVA
Secretário Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (SESAI)
sesai@saude.gov.br; agendasesai@saude.gov.br
 (61) 3315-3784/3315-3785
Assunto: pedido de providências – vacinação dos indígenas da Aldeia Pankararu, em Petrolândia/PE

URGENTE

Senhor Secretário,
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, com incumbência de receber, avaliar e investigar denúncias relativas a ameaça ou violação de direitos humanos
(Regimento Interno da Câmara dos Deputados, art. 32, inciso VIII, alíneas “a”, “b”, “e” e “f”), foi oficiada pelo líder indígena Pankararu, Sr. Ubirajara Fernandes, que reclamou que os indígenas da Comunidade Angico Pankararu, no município de Petrolândia, Pernambuco, não teriam sido vacinados contra a Covid-19, até o momento.
2. A Lei 14.021/20, em seu artigo 1º e incisos, assegura a prioridade dessas pessoas para serem imunizadas contra a covid-19, independentemente de onde vivam, fora das terras indígenas, em áreas urbanas ou rurais'. O STF, ao julgar a ADPF 709/20, reafirma tal direito, e seus respectivos direitos humanos e fundamentais, aos grupos populacionais vulneráveis, no caso, as populações
indígenas.
3. Estudos científicos já demonstram a grande vulnerabilidade dos indígenas à covid-19, também em áreas que não sejam os territórios reconhecidos e demarcados. Uma pesquisa do Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), por exemplo, apontou que a prevalência do coronavírus entre os indígenas em meios urbanos é de 5,4%, enquanto que esse índice entre a população branca, nos mesmos locais, é de 1,1%.
4. A Comissão de Direitos Humanos e Minorias manifesta preocupação com o caso, razão pela qual solicito, respeitosamente, que Vossa Excelência tome as providências cabíveis no sentido de agilizar a vacinação dos indígenas da Comunidade Angico Pankararu, no município de Petrolândia, em Pernambuco, prestando os esclarecimentos para que esta Presidência seja cientificada do trâmite.

Cordialmente,

Deputado Carlos Veras
Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias."

quinta-feira, 6 de maio de 2021

NOTA DO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO PEDE SUSPENSÃO IMEDIATA DAS AULAS PRESENCIAIS




Através da nota de posicionamento n°5 o Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco pede suspensão de aulas presenciais como combate à pandemia de covid-19. Leia na íntegra:

O Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco – CES/PE diante do estado crítico e persistente de
pressão sobre a rede assistencial em função da pandemia de COVID-19, com 97% de ocupação de leitos
de UTI, em 05.05.2021, e a marca de 558 óbitos registrados na semana epidemiológica 17 (25.04.2021 a 01.05.2021), no estado de Pernambuco, pronuncia-se por medidas imediatas mais restritivas de atividades no estado.
Considerando a Recomendação do Conselho Nacional de Saúde N.008 de 26 de abril de 2021, que indica: “III - Que não sejam retomadas as aulas presenciais durante a pandemia, mesmo que haja fomento dos empresários da educação, até que ocorra a realização de vacinação em massa, com planejamento adequado e medidas efetivas para que as escolas tenham melhores condições de receber os estudantes e os trabalhadores;”
Considerando a campanha, através da ADPF 822, do Conselho Nacional de Saúde, Frente Pela Vida e centrais sindicais pela aplicação de lockdown nacional de, pelo menos, 3 semanas (21 dias) para redução da circulação de pessoas com intuito de reduzir a transmissão e controlar a pandemia, conforme recomendação da Comunidade Científica.
Considerando os relatórios do Instituto para a Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco – IRDD-PE, que permitem a identificação de áreas no estado e, especificamente, nos municípios de maior
porte, de áreas com maior concentração de casos;
Que a estratégia de caminhar rumo à abertura de atividades conduz à compreensão da população de que há uma situação de finalização da pandemia, reduzindo a fundamental adesão populacional às medidas de controle de transmissão;
Nesse sentido, o CES/PE se posiciona por:
Que o estado de Pernambuco estruture uma estratégia para a adesão rigorosa ao lockdown de 21 dias proposto na ADPF 822;
Mantemos a posição pela imediata suspensão das aulas presenciais em todo o sistema de ensino público e privado de Pernambuco;
Construção EMERGENCIAL de estratégias de restrição rigorosa em áreas específicas, e tecnicamente delimitadas, com maior concentração de casos/óbitos, para redução da pressão sobre a rede assistencial.
Esta nota, aprovada na 526ª Reunião Ordinária do CES/PE, em 05 de maio de 2021, deverá ser enviada ao Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco, a todos os Conselhos Municipais de Saúde, à ALEPE e ao Ministério Público de Pernambuco.
Há necessidade de se acompanhar a tendência de número de infectados, óbitos, taxa de cobertura vacinal, monitoramento de sintomáticos respiratórios e comunicantes de casos de covid-19, cobertura de testagem e taxa de ocupação de leitos de enfermaria e UTI, e, o sistema de saúde expressa colapso por uma taxa de ocupação de leitos de UTI acima de 90%, combinado com registros diários de óbitos.
Portanto, a persistência da ocupação de leitos de UTI acima de 90% no estado e da ocorrência de óbitos desde março de 2021, IMPÕEM medidas emergenciais de proteção à vida, e não podemos aceitar
a naturalização da situação atual. Para isso, solicitamos o protagonismo do Governo Estadual.

terça-feira, 4 de maio de 2021

GOVERNO DE PERNAMBUCO AUTORIZA AMPLIAÇÃO DE HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO



Mais 2.333 casos da Covid-19 e 73 óbitos provocados pela infecção foram confirmados em Pernambuco nesta terça-feira (4).
Com isso, o estado passou a totalizar 412.786 infectados pelo novo coronavírus e 14.279 mortes devido à doença, números contabilizados desde o início da pandemia, em março de 2020.
Mesmo assim, de acordo com a nova determinação do estado, na sexta (7) e sábado (8), os estabelecimentos poderão funcionar das 8h às 20h. No domingo (9), eles têm autorização para abrir das 8h às 18h.
A capacidade estabelecida pelo governo de Pernambuco para os três dias é de um cliente a cada dez metros quadrados em áreas de circulação e um cliente a cada cinco metros quadrados em área interna de cada loja.
A portaria foi publicada pelas Secretaria Estaduais de Saúde (SES-PE) e de Desenvolvimento Econômico.
No documento, o governo explica que a decisão foi tomada "em razão da possibilidade de fluxo de compras intenso relativo à comemoração do Dia das Mães".
Fonte:G1

ATOR E HUMORISTA PAULO GUSTAVO FALECE VÍTIMA DA COVID-19



O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19.
O criador de Dona Hermínia — e de outros personagens inesquecíveis — estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul.

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Comunidade Panakararu Luta por direito à vacina



Enquanto todas as comunidade indígenas da região foram vacinadas, uma da comunidades mais carentes, a Aldeia Pankararu Angico, ficou de fora da vacinação. Aqui um pouco da luta dessa brava comunidade para fazer valer seus direitos.



sábado, 1 de maio de 2021

AÇÃO BUSCA GARANTIR VACINAÇÃO DOS INDÍGENAS PANKARARU DA ALDEIA ANGICO


Imagens: Daniel Filho



A equipe Gota D'água foi à aldeia Angico Pankararu, localizada em Petrolândia, sertão de Pernambuco.
As lideranças reivindicam vacinação contra a covid-19. Segundo o STF todos os indígenas aldeados devem ser vacinados, no entanto a comunidade Angico não foi reconhecida enquanto aldeia pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).
O Núcleo de Práticas Jurídicas da UNEB ajuizou ação para garantir a vacinação.
Declara:
"O Supremo Tribunal Federal, na ADPF 709, decidiu que todos os povos indígenas aldeados, estejam, ou não, em terras regularizadas, devem ser atendidos pela FUNAI e pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI). Na mesma ação, o Supremo reconheceu a maior vulnerabilidade dos povos indígenas em epidemias e determinou a vacinação prioritária de todos os povos. 
Infelizmente, sem nenhum fundamento plausível, a SESAI decidiu não vacinar o Povo Pankararu da Aldeia Angico, localizada no Município de Petrolândia-PE. Esta omissão é inconstitucional e viola decisão com efeito vinculante do Supremo, colocando em risco a saúde e a vida de toda uma comunidade.
Para garantir o direito do povo à vacinação, o Núcleo de Prática Jurídica do curso de Direito da UNEB, campus Paulo Afonso, através dos professores Bruno Heim e Isan Lima, ajuizou a ação n. 0800243-17.2021.4.05.8303, em trâmite na Subseção Judiciária de Serra Talhada-PE, buscando a condenação da União para que inicie imediatamente a vacinação da comunidade.
Passamos a pouco pelo dia dos povos indígenas, 19 de abril. A data, antes de ser uma data comemorativa, deve servir como referência para reflexão sobre os povos indígenas de ontem e hoje. Que tenhamos a capacidade de compreender as consequências legadas pela colonização e as dificuldades ainda encontradas para efetivação dos direitos indígenas.
Diante do caso Pankararu da Aldeia Angico, denunciamos a discriminação promovida pelo órgão federal e anunciamos a rede de parceiros que rapidamente tem se articulado para somar suas vozes à do povo Pankararu. É na solidariedade que os povos resistem."












quinta-feira, 29 de abril de 2021

EM PETROLÂNDIA PROJETO DE LEI MUNICIPAL QUE COLOCAVA IGREJAS COMO SERVIÇO ESSENCIAL É VETADO

 

Imagem: reprodução

O vereador Said Sousa (PODEMOS) é ferrenho defensor que as igrejas e locais de culto sejam reconhecidas como “serviço essencial” em plena pandemia. Mesmo contrariando o decreto estadual e compreensão do Supremo Tribunal Federal (STF), o vereador apresentou projeto de lei, que alteraria o decreto municipal e estadual, conseguindo aprovar na câmara por unanimidade.

No entanto o prefeito Fabiano Marques (PTB) vetou. O vereador tentou derrubar o veto, mas, não tendo mais unanimidade, o veto foi mantido.

No que se refere à saúde pública não há uma hierarquia que faça prevalecer um decreto (municipal, estadual, federal) sobre outro, no entanto, de acordo com as últimas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) deve se sobrepor o decreto que adote medidas mais restritivas no combate à Covid-19 para evitar ainda mais proliferação do vírus, portanto, o projeto de lei é inconstitucional. No entanto, os vereadores que votaram contra a derrubada do veto não justificaram seu voto com argumentos baseados na ciência ou decisão judicial, mas, de acordo com a fala na tribuna do vereador Said, por subserviência ao prefeito.

Na tribuna Said Sousa vociferou contra os colegas parlamentares que não acompanharam pela derrubada do veto, negando direito de réplica, acusando colegas, denunciando práticas incoerentes com a decisão deles:

...Os senhores insistem em agradar prefeito(…) aqui diz que o poder emana do povo, mas é mentira. Vocês foram contra o povo para ser a favor do prefeito (…) esse projeto foi dito por alguns dos senhores que é inconstitucional, mas inconstitucional é esse decreto chulo do governo do Estado.”

O vereador, na tribuna, aproveitou ainda para denunciar, sem nominar, que colegas parlamentares se envolviam em aglomerações sem uso de máscara em cassinos e bebedeiras, mostrando, então, que suas decisões em derrubar o veto não se baseava na preocupação com a saúde pública, mas sim, por obediência ao prefeito. Denunciou ainda práticas de uso da máquina pública para favores políticos: 

“O senhor, Naldo da ambulância, diz que foi eleito para ajudar o povo, mas ajudar o povo não é superlotar ambulância pra trazer gente de Recife (...) Os senhores são fantoches do prefeito…” declarou Said Sousa. 

Votaram contra a derrubada do veto os vereadores Fabrício Cavalcante (PTB), Sílvio (SOLIDARIEDADE), Naldo da Ambulância (PSD), Gil da Cesta Básica (PSL), Nego Almeida (REPUBLICANOS).

Evaldo da Melancia (SOLIDARIEDADE), Técio (PSB), Dedé de França (MDB), Adelina e Said (PODEMOS) votaram pela derrubada do veto.


terça-feira, 27 de abril de 2021

CPI DA COVID: BOLSONARO NEGOU 11 VEZES OFERTAS PARA COMPRA DE VACINAS

 


O governo brasileiro recusou onze ofertas formais de fornecimento de vacinas contra a Covid. O método do Ministério da Saúde para dizer não sempre foi o de ignorar as propostas. O número leva em conta apenas os episódios em que há comprovação documental da omissão governamental e já é de conhecimento dos senadores que vão compor a CPI.
O placar deve crescer ao longo das investigações, já que um dos objetivos da comissão é apontar no relatório final o número de vezes em que o governo disse não à única solução para prevenir a doença.
Fonte: G1

EM PERNAMBUCO PROFESSORES VOTAM PELA CONTINUAÇÃO DA GREVE



Hoje (27) aconteceu pela manhã a Assembleia virtual do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE).
Há oito dias em greve, mais de 700 participantes votaram pela continuação da greve (94% dos votos).
A justiça decretou que a greve seria ilegal, mas o corpo jurídico do sindicato recorreu por compreender que todos os trâmites foram seguidos e a greve ser um direito constitucional.
A direção do Sindicato fará uma nova avaliação do movimento essa semana, assim como deverá ampliar a publicidade do movimento chamado "Greve pela Vida".
Nova Assembleia ainda será marcada.



segunda-feira, 26 de abril de 2021

ACIDENTE DEIXA 2 MORTOS EM PETROLÂNDIA

 

Vítimas. Imagem: whatsapp

Um acidente envolvendo duas motos deixou duas vítimas fatais na noite desse domingo (25) em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco. Por volta das 22h30min, duas motos colidiram frontalmente nas imediações do Projeto Apolônio Sales (Povoado Barreiras - vizinho da roça de Neco Nogueira), na zona rural de Petrolândia, Sertão de Pernambuco.
Em uma delas estava Maria Juliane de idade não informada e Amanda Daniele de 26 anos que estava conduzindo uma das motocicletas (modelo Tornado) e veio a óbito ainda no local.
No outro veículo modelo Titan vermelha estavam Clériston Gomes de Sá de 30 anos e Edineide Alencar Fernandes (irmã do Vereador Dedé de França) de 47 anos, o condutor morreu na hora. As outras vítimas foram transferidas para o Hospital da Restauração Gov. Paulo Guerra, no Recife.

RESUMO DA OCORRÊNCIA PELO CORPO DE BOMBEIROS

O corpo de bombeiros foi acionado para atender a uma ocorrência de colisão de veículos. Ao chegar no local a vítimas da moto modelo tornado (uma do gênero masculino de 30 anos em óbito e outra do gênero feminino de 47 anos que apresentava ferimentos na face e fratura de membro superior esquerdo, socorrida com vida) na outra moto modelo titan vítimas (duas do gênero feminino sendo uma de 26 anos em óbito e outra com ferimentos no crânio, face e fraturas de membro superior direito e nos membros inferiores, socorrida com vida). As respectivas vítimas foram socorridas pela ambulância do HOMUPE junto ao efetivo do bombeiro.
A guarnição realizou os procedimentos e isolamento do local. As vítimas fatais ficaram com familiares que se encontravam presente.
Fonte: Pn notícias

PROVIDA REPUDIA A NÃO VACINAÇÃO DA COMUNIDADE INDÍGENA PANKARARU DO ANGICOS


 A associação dos promotores da cultura e cidadania (PROVIDA) lançou moção de repúdio pelo descumprimento do plano nacional de vacinação, que trata da vacinação dos indígenas aldeados, por não ter vacinado a comunidade indígena Pankararu do Angico em Petrolândia, sertão de Pernambuco.

sábado, 24 de abril de 2021

EM PETROLÂNDIA PREFEITURA BUSCA INFORMAÇÕES QUE LEVEM A VÂNDALOS

Imagens captadas


Câmeras flagraram o momento em que foi ateado fogo em lixeira na 
Avenida Auspício Valgueiro de Barros, frente ao atacado São Francisco.
Câmeras flagraram ainda três possíveis suspeitos do ato de vandalismo como mostra a imagem.
Através das redes sociais, perfis institucionais e parceiros pedem informações que levem aos suspeitos.






sexta-feira, 23 de abril de 2021

23 DE ABRIL DIA NACIONAL DO SURDO

 

A origem da Língua Brasileira de Sinais, LIBRAS, na qual o surdo se comunica, teve início em meados do século XIX marcada pela atuação de um surdo francês chamado Eduard Huet. Em 1857, Huet veio ao Brasil a convite de D. Pedro II para fundar a primeira escola para surdos do país, chamada na época de Imperial Instituto de Surdos Mudos. Passaram-se anos e só em abril de 2002 a (LIBRAS) Foi reconhecida como 2ª língua oficial do Brasil pela lei nº 10.436 no dia 24 de abril de 2002, pelo então Presidente Fernando Henrique Cardoso, e regulamentada por meio do decreto 5626/2005, pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que reconhece como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). A comunicação através dela proporciona uma melhor compreensão entre surdos e ouvintes, uma vez que já é lei a presença de intérpretes de LIBRAS em diferentes instituições públicas, como escolas, universidades, congressos, seminários, programas de televisão entre outros. Nós do grupo MÃOS QUE ENCANTAM lutamos com determinação e fé diariamente e cada vez mais buscando conhecimento e compartilhando aprendizado para minimizar o silêncio entre surdos e ouvintes. Durante anos de luta já foram alcançadas diversas conquistas. Muitas vezes encontramos surdos no profundo silêncio de seus direitos. Direito esse que já é reconhecido pela constituição e por lei. E que na maioria das vezes é negado por uma sociedade individualista. Agradecemos todos aqueles que, junto com a gente, busca, apoia e luta por uma inclusão social para todos. Principalmente pela LIBRAS. Na qual nós nos comunicamos. Precisamos mudar a visão destas pessoas e da sociedade que vê os surdos como incapazes (COITADINHOS). O mundo é um lugar plural, e as pessoas aprendem de formas diferentes. A luta continua... Nós do grupo mãos que encantam diversas vezes somos julgadas por uns, aplaudidos por outros, mas sempre abençoado por Deus.

quinta-feira, 22 de abril de 2021

COMUNIDADE INDÍGENA DENUNCIA QUE NÃO FOI VACINADA CONTRA COVID EM PETROLÂNDIA

Imagem: @Macenadiego
Arquivo repensar

Ao Blog Gota D'água chegou nota pela ONG Repensar que, a partir de informe do ex-secretário de assuntos indígenas no município de Petrolândia, Ubirajara (mais conhecido por Bira), denuncia que a comunidade indígena Pankararu, localizada no assentamento Angicos, não foi vacinada, o que contrariaria o plano nacional de vacinação.


Após a realização da reunião semanal da AEC-REPENSAR no município de Petrolândia, Pernambuco, ocorrida nesta terça-feira, dia 20 de abril, fomos surpreendidos pela informação trazida pelo ex-secretário de assuntos indígenas do município, o Sr. Ubirajara, (liderança indigena Pankararu), de que o povo Pankararu do Angico (aldeados no município de Petrolândia), não tinha tido acesso à imunização contra o coronavírus como preconizado pelo Ministério da Saúde.

A respeito da contaminação dos povos indígenas pelo Coronavírus, comunidades indígenas de todo o Brasil têm denunciado o subregistro em diversos âmbitos, seja em reconhecimento, casos de Coronavírus, e até os óbitos pela doença. Segundo matéria veiculada no Jornal O Globo o monitoramento encontra o dobro de mortes de indígenas por Covid do que o divulgado pelo governo.

Quando o Ministério da Saúde oficializou o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, chegou a incluir povos indígenas na lista de grupos prioritários, mas há uma pungente exclusão no requisito de que estivessem em território indígena.

No entanto, o reconhecimento dos territórios indígenas é um processo permanente e dinâmico de luta e não pode ser utilizado para exclusão segundo Tanawy Xukuru Kariri, coordenador da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (APOINME) na microregião AL/SE, essa distinção que é feita pelo Estado é mais uma ferramenta para garantir a continuidade da retirada de direitos, ainda mais acentuada contra indígenas que moram em aldeias não reconhecidas institucionalmente (Fonte: Brasil de Fato).

No caso do povo Pankararu do Angico, acompanhamos, assessoramos e produzimos um vídeo no processo de retomada de seu território durante o atendimento de 50 famílias que eram Beneficiárias dos Projetos: Novos Passos e Histórias em Vídeo, de autoria e execução da AEC-REPENSAR, financiada pelo Banco Santander através dos Conselhos municipais. Entretanto a comunidade encontra-se em um estágio profundo de vulnerabilidade social e graves riscos de saúde potencializados pela pandemia atual.

Nesse sentido nós da AEC-REPENSAR encaminhamos informações e buscamos apoio jurídico que possa garantir o direito à vacinação do Povo Pankararu do Angico. Além disso iniciamos uma campanha de solidariedade entre as próprias comunidades indígenas através de suas lideranças, associações e representações, da mídia local, regional e nacional bem como de toda a sociedade, visando a garantia do direito constitucional a saúde do povo Pankararu do Angico.


#vacinapankararuangico


ASCOM

AEC-REPENSAR”

A redação do blog procurou a Secretaria de Saúde, secretária Ana Patrícia, que, em nota, respondeu:


“Gostaria de informar que as vacinas referentes à indígenas aldeados, recebidos pelo município de Petrolândia, no dia 19 de janeiro de 2021, no total de 842 doses, foram totalmente entregues ao POLO DE ENTRE SERRAS, que ficou com a função de organizar e vacinar, como preconizado pelo PLANO DE ESTADUAL DE VACINAÇÃO COVID, assim como prestar contas das doses no sistema PNIWEB. Informo que a referida distribuição segue uma demarcação de territórios que compete ao DSEI – DISTRITO SANITÁRIO ESPECIAL INDÍGENA.
No mais, informo que todas as pessoas que moram no ANGICO, serão vacinad
as conforme PLANO DE VACINAÇÃO ESTADUAL E MUNICIPAL, seguindo as faixas etárias que estão sendo vacinadas.”


A ONG insistirá juridicamente pelo direito de vacinação da comunidade.

Abaixo vídeo da comunidade Pankararu Angico


 

PRORROGADO ATÉ 9 DE MAIO MEDIDAS RESTRITIVAS EM PERNAMBUCO

 

Imagem: reprodução

Em pronunciamento nesta quinta-feira (22), o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou a prorrogação das medidas restritivas em Pernambuco.
O gestor afirmou que os números das últimas três semanas indicam uma estabilização de casos, internações e óbitos devido ao novo coronavírus em Pernambuco, mas com percentuais ainda em um patamar alto. Por conta disso, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no Estado decidiu, em reunião realizada ontem (21), estender as atuais restrições contidas no Plano de Convivência até o dia 9 de maio, com alguns ajustes que passarão a vigorar a partir da próxima segunda-feira (26).
Ainda de acordo com o governador, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 continuará analisando diariamente os números da pandemia para avaliar a necessidade de novos ajustes para o período a partir de 10 de maio.

quarta-feira, 21 de abril de 2021

PERNAMBUCO CONFIRMA MAIS 2480 DE COVID E 63 MORTES

 


Segundo o governo de Pernambuco, que estuda ampliar ainda mais a flexibilização, dos casos da doença confirmados no estado nesta quarta-feira (21), 134 são graves e 2.346 são leves.

Estado totaliza 388.507 infectados e 13.380 óbitos. Do total de novos casos, 134 (5,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Esses diagnósticos são de pessoas que precisaram ser internadas ou, ainda, de pacientes que morreram com a doença. Eles totalizam 39.094 ocorrências desde a chegada dos primeiros doentes ao estado.

Outros 2.346 (94,5%) tiveram formas leves da Covid-19 e não precisaram ser internados. Esses casos englobam, também, pessoas que foram assintomáticas ou que descobriram a doença depois de curadas, por meio de testes sorológicos. Pernambuco tem, ao todo, 349.413 ocorrências desse tipo.

Os 63 óbitos confirmados nesta terça-feira ocorreram entre a terça-feira (20) e o dia 25 de novembro de 2020, cinco meses atrás.



Fonte: G1




segunda-feira, 19 de abril de 2021

VACINAÇÃO CONTRA A COVID: 60 A 69 ANOS



Pessoas de 60 a 69 anos de idade serão vacinados com a primeira dose a partir desta terça-feira (20), das 8:00 às 12:00. 
Confira os horários, idades, datas e locais através do informativo. 





CAMPANHA NACIONAL DE SINDICALIZAÇÃO - SINDICATO DE PORTAS ABERTAS

 

A Campanha tem por finalidade,fortalecer a representação (sindicatos Federações e CONTAG),a sua organização para contribuir com a sustentabilidade política- financeira com a base dd sua categoria. 

OBJETIVOS DA CAMPANHA 
      
Sindicalizar;

Atualizar sócios no sistema FETAPESINDWEB;

Realizar a quitação das mensalidades atrasadas;

Incentivar novas autorizações,a Importância de se manter associado em dia.

PERÍODO 
   
15 de março a dezembro de 2021   
A meta abrange a todos agricultores e agricultoras ( jovens, mulheres ,homens e o público da terceira idade);
A divulgação da campanha será feita através de blogs,redes sociais, carro de som e dependendo dos decretos ,será feita nas comunidades e também na sede do sindicato,atendendo todas orientações e restrições de distanciamento e higienizacao.  
Os descontos serão feitos de acordo com o tempo de inadimplência de cada associado e associada.

sábado, 17 de abril de 2021

CARRO PIPA ROUBADO EM ZONA RURAL DE JATOBÁ

 


Um carro pipa foi roubado no último dia 26 na zona rural de Jatobá, no Sertão de Pernambuco. O dono do caminhão estava trabalhando no abastecimento de água na região quando foi surpreendido por criminosos.
O veículo é um pipa da Mercedes Benz branco com placa KGB-7798. Reinaldo Cardoso (motorista do caminhão) estava a serviço na região do Sítio Caldeirão quando foi abordado por três homens encapuzados e armados.
Após a abordagem, Reinaldo foi amarrado e levado junto aos criminosos para ser liberado em outra área. Os imputados levaram o carro pipa e também o telefone do rapaz.



CACHORRO DESAPARECIDO



Monteiro, pede ajuda para encontrar seu cachorro que atende pelo nome de Aquiles, desaparecido desde às 19:30 de ontem (17). Oferece recompensa a quem encontrar e der notícias que ajudem no resgate.
Quem encontrar, entrar em contato com Monteiro no telefone:
 87 9951-6851

sexta-feira, 16 de abril de 2021

CABOCLA DE CAXANGÁ




Um bela interpretação de uma parceria de entre João Pernambuco e Catulo da Paixão Cearense. Cabocla de Caxangá na voz de Daniella Amorim com o acompanhamento de Gabriel Alexandre no violão.

quinta-feira, 15 de abril de 2021

COM INSISTÊNCIA DO GOVERNO DE PERNAMBUCO EM RETOMAR AULAS PRESENCIAIS, SINDICATO DEFINE POR GREVE

Imagem: reprodução

 

Terminou há pouco a assembleia virtual do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE) que trouxe informes da mesa de negociação com o governo do Estado relacionados ao retorno às aulas presenciais e reajuste salarial.

O governo não cedeu à cobrança sindical de retorno às atividades presenciais somente após vacinação. Mantendo a decisão de retomada gradual a partir da próxima segunda-feira(19) com alunos do 3º ano do Ensino Médio, Médio integrado à educação profissional e Educação de Jovens e Adultos, na modalidade médio e alunos dos anos iniciais do ensino fundamental e ensino infantil.

A partir de 26 de abril, a volta seria para o 2º ano do ensino médio, anos finais do ensino fundamental (8º e 9º anos) e educação de jovens e adultos na modalidade fundamental.

Centenas de profissionais participantes da assembleia, de forma virtual, votaram pela greve. 355 votaram pela greve das aulas presenciais, mantendo o trabalho remoto; 146 votaram pela greve geral e 14 se abstiveram.

Portanto, segunda-feira (19), dia em que professores e estudantes deveriam voltar para as atividades presenciais, inicia a greve:

Esta greve é em defesa da vida e da saúde de toda a comunidade escolar.” declarou a vice-presidenta do SINTEPE, Ivete Caetano.

STF CONFIRMA ANULAÇÃO DOS PROCESSOS DE LULA E CANDIDATURA É POSSÍVEL

 

Imagem: Ricardo Stuckert

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, nesta quinta-feira (15), para confirmar a decisão do ministro-relator Luiz Edson Fachin de conceder habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Lula que alega incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba nos casos envolvendo o ex-presidente Lula. Com isso, todas as condenações contra o ex-presidente estão anuladas e o ex-líder sindical recupera seus direitos políticos.

A maioria dos ministros decidiu seguir a compreensão do relator e negar o agravo apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) que pede que seja revertida a decisão do relator que tirou de Curitiba a competência sobre os processos do ex-presidente Lula e provocou a anulação de todas as condenações contra o ex-líder sindical.

Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski acompanharam esse entendimento.


VACINAÇÃO DE 65 A 66 ANOS

 


Pessoas de 65 e 66 anos de idade serão vacinados com a primeira dose nesta sexta-feira (16), das 8:00 às 12:00 no Ginásio de Esportes.
Pessoas de 70 anos ou mais que ainda não foram vacinados, comparecer nesta sexta-feira (16), das 8:00 às 12:00 no Ginásio de Esportes.
Confira o informativo completo. 

quarta-feira, 14 de abril de 2021

A SEMENTE, UM SÉCULO DE HISTÓRIA



Em 1921, há exatamente 100 anos, nascia em Jatobá de Tacaratu (atual Petrolândia), o jornal A Semente, um dos primeiros periódicos publicados na Região. Fundado por Hildebrando Gomes de Meneses, a publicação que teve apenas dois anos de duração, tratou de diversos temas de interesse local como a situação política e administrativa da cidade, informações sobre obras e serviços, além de muita literatura e poesia.
Neste ano de 2021, festejamos os 100 anos de nascimento do jornal A Semente, o Instituto Geográfico e Histórico de Petrolândia, a fim de preservar notícia de uma Petrolândia viva na memória afetiva de seus filhos, compartilha em seu site, edições quase completa do último número do periódico, além de um artigo completo sobre a fundação do jornal e suas curiosidades dentro do contexto histórico-político da época.
E ainda fazendo parte das comemorações, o IGH continua em busca de outras publicações, e por isso pede que aqueles que por ventura tenham em mão outras edições desta peça jornalística, entrem em contato. Contamos com a ajuda dos filhos de Petrolândia para alimentar o ânimo de manter o empenho em preservar e (re)contar a história de nossa querida cidade. O contato pode ser através do site www.ighpetrolandia.org e também por nossas redes sociais @ighpetrolandia no Facebook e no Instagram.
Serviço:
            https://ighpetrolandia.org/2021/04/06/a-semente-plantada-ha-um-seculo/
www.ighpetrolandia.org

Facebook - @ighpetrolandia

Instagram – ighpetrolanida

Contato: Paula Francinete, presidente do IGH Petrolândia

Telefone – (87) 99908.2900


terça-feira, 13 de abril de 2021

PETROLÂNDIA: CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO COVID-19


 Atenção! Grupos de 67 a 69 anos de idade serão vacinados a partir desta terça-feira (13), zona urbana e zona rural.

Confira o informativo completo. 




LBV INICIA CAMPANHA DE COMBATE À FOME: "DIGA SIM"



Toda ajuda é necessária para assistir as famílias mais vulneráveis que sofrem com a fome

Falta alimentos para mais de 10 milhões de brasileiros e a LBV conta com a sua ajuda. Não deixe pra depois, faça a sua parte.

Milhares de pessoas não têm o que comer: falta-lhes o alimento básico. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em cinco anos, a fome aumentou no Brasil e já são 10,3 milhões de pessoas que vivem em insegurança alimentar grave no país. A fome é mais prevalente nas áreas rurais, atinge mais os domicílios chefiados por mulheres e quase metade dos famintos são da região Nordeste. Com a pandemia do novo coronavírus os índices de desemprego também aumentaram atingindo a marca de 14,1 milhões de pessoas, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) pelo IBGE, divulgada em dezembro/2020. Outra preocupação é a alta nos preços dos alimentos que também afeta as famílias mais vulneráveis, principalmente as que moram com pessoas abaixo dos 18 anos.

Por isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) continua sua intensa mobilização social, por meio de suas campanhas emergenciais que visam angariar donativos para entregar itens essenciais, a exemplo do leite, que compõe a cesta de alimentos, tão necessário para reforçar a alimentação da família e ajudar no desenvolvimento de crianças.

A LBV precisa de doações para continuar prestando o atendimento a milhares de famílias em vulnerabilidade social e em risco alimentar que foram fortemente afetadas com os impactos socioeconômicos da pandemia da Covid-19.

A meta da LBV é entregar por meio da Campanha Diga SIM, até agosto, nas cinco regiões do país, 85 mil cestas de alimentos; 242 mil litros de leite; 91 mil kits de higiene e de limpeza; e ainda 20 mil cobertores para famílias que residem em regiões onde o inverno é mais rigoroso, além de continuar com todo atendimento em suas 82 unidades socioeducacionais.

Comunidades atendidas X Fome

O público atendido pela LBV no Recife, são famílias de comunidades vulneráveis da Região Político Administrativa – RPA 1, entre elas, Cabanga, Coelhos, Coque, Ilha de Joana Bezerra, Santo Antônio, São José, Santo Amaro. Contudo, a Instituição está presente também no Agreste e no Sertão do Moxotó, assistindo famílias oriundas da zona rural.

No Recife, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018, divulgada em setembro/2020, descreve que a Região Político Administrativa do Recife – RPA 1, é a região mais vulnerável do Recife, com uma renda per capita de meio salário mínimo por família, que lutam para o sustento familiar. Dados ainda da pesquisa, aponta que em Pernambuco, 661 mil pessoas enfrentam a insegurança alimentar grave, que ocorre quando os moradores passam pela privação de alimentos, levando à fome.

SAIBA COMO AJUDAR:

Acesse www.lbv.org.br e colabore. Selecione a opção que desejar e, de coração, doe qualquer valor. Se preferir, faça uma transferência bancária pelo PIX oficial da LBV: pix@lbv.org.br.

CONTAS BANCÁRIAS:

Bradesco: Agência: 0292-5 — C/C: 92830-5

Itaú: Agência: 0237 — C/C: 73700-2

Banco do Brasil: Agência: 3344-8 — C/C: 205010-2

Caixa Econômica Federal: Agência: 1231 — operação: 003 — C/C: 100-0

Santander: Agência: 0239 — C/C: 13.002754-6

Confira essas e outras ações realizadas pela LBV no endereço @lbvbrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.


segunda-feira, 12 de abril de 2021

DEPUTADO FEDERAL CARLOS VERAS EM VISITA PELO SERTÃO

Imagens: assessoria
de Carlos Veras

O deputado federal Carlos Veras (PT) voltou a se reunir com lideranças da região. Em Petrolândia teve uma reunião na casa do presidente do partido na cidade, Daniel Filho.
O presidente do conselho de meio ambiente, George Novaes, também participou trazendo demandas, como poços artesianos para áreas de assentamento,  ao deputado.
Poços artesianos, projetos e emendas para os assentamentos foram compromissos assumidos pelo parlamentar.
Por telefone o deputado conversou com dona Elita, importante liderança do município, primeira vereadora do PT na cidade, que falou das dificuldades enfrentadas no projeto Miguel Arraes. Numa próxima vinda o deputado se comprometeu em conhecer pessoalmente dona Elita e o projeto.
O deputado falou da Lei Aldir Blanc, projeto em que ele foi coautor. O projeto que, só em Petrolândia contemplou 39 artistas, teve recurso garantido para uma segunda edição. O deputado compreende sua importância de permanecer para além da pandemia.
Citou ainda a dificuldade da vacinação contra a covid-19 devido a falta de planejamento do Governo federal.

ELEIÇÕES

Sobre as eleições o deputado falou da importância de Lula ter recuperado seus direitos políticos para a organização da oposição e a coalizão que o PT precisará fazer para derrotar o bolsonarismo. Candidaturas próprias a Governo do Estado deverão ser evitadas devendo optar por alianças que garantam a composição de uma ampla bancada legislativa do campo progressista. Segundo o deputado, por falta dessa composição, reformas que prejudicaram a vida das trabalhadoras e trabalhadores passaram.



domingo, 11 de abril de 2021

EMPRESÁRIO E IRMÃO DE VEREADOR É PRESO EM PETROLÂNDIA




O empresário e irmão do vereador Said Sousa,
Samyr Oliveira de Souza, foi preso na madrugada de hoje (11) por porte ilegal de arma.
A polícia militar seguiu o carro que passava em alta velocidade até a chácara (Balneário do Samyr).
O empresário desembarcou com a arma em punho, uma pistola semi automática Taurus 9 mm.
Informações enviadas pela polícia.

sábado, 10 de abril de 2021

VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA



De 12 de abril a 09 de julho estaremos vacinando a população contra a gripe (Influenza), dividido em três etapas.

Confira o informativos completo.