domingo, 30 de abril de 2017

GREVE GERAL EM PETROLÂNDIA

Imagens: Daniel Filho
e Taciana Silva

Dia 28 entra para a história do país como sendo a maior greve geral dos últimos anos. Petrolândia manteve seu posicionamento de sempre cumprir as agendas nacionais sindicais e proporcionou excelentes trabalhos de mobilizações durante o dia que iniciou com um café comunitário, bloqueio da BR 232 e marcha pelas principais ruas e avenidas da cidade panfletando os riscos que trabalhadoras e trabalhadores do país correm com projetos de lei que já foram aprovadas e que ainda estão por serem.
Sindicatos municipais e estaduais, associações, estudantes, movimentos sociais, vereadores de oposição e situação participaram e fizeram suas falas em defesa do trabalhador.
A prefeitura, em audiência pública, tinha firmado acordo em permitir ponto facultativo no dia da greve geral, mas como denunciado pelas principais lideranças, voltou atrás. Os sindicatos municipais irão se apropriar da situação para analisar se haverá represálias aos trabalhadores envolvidos no movimento.