sexta-feira, 29 de maio de 2015

GREVE RETOMADA. ASSÉDIO MORAL TAMBÉM!


Sabem aquelas histórias aterrorizantes contadas pra gente de que todo governo socialista é déspota, cruel, extremamente ganancioso, obscuro, entre outros tantos adjetivos sombrios? Pois é, parece que a galera do PSB (Partido SOCIALISTA Brasileiro) levou a sério quando resolveu cuidar de Pernambuco.
Retomada a greve hoje e já vemos uma série de atitudes repressoras não somente contra a categoria dos professores, mas de toda a classe trabalhadora pernambucana que já recebeu aviso: 0% DE REAJUSTE EM 2015!
Com os professores eles foram “bonzinhos”. Empurra goela abaixo reajuste já rejeitado em assembleia pela categoria que, sendo votada na ALEPE, termina de rasgar o Plano de Cargo e Carreira do Professor pernambucano. 2% com mudanças de faixas na grade de vencimentos sem qualquer explanação de como foi feita a “evolução” na carreira.
Reprodução do e-mail enviado às Escolas Estaduais 
do sub médio São Francisco 
Não bastando, seus servos enviam o e-mail reproduzido ao lado.
Não basta proibir a entrada do professor grevista no ambiente de trabalho, está vetado, também, o direito de informar à comunidade escolar os motivos de luta da categoria. Resta-nos saber se a ordem saiu da Secretaria de Educação a todas as Gerências Regionais de Educação, ou se é apenas mais uma disputa entre as Gre’s por metas e premiações.
Portanto, a partir da "democrática e respeitosa" ordem, fazem das fotos a seguir um ato de extrema subversão. 



Caberá ao sindicato, agora, entrar com ação judicial para identificar, responsabilizar e punir todo o assédio moral praticado, com conivência do estado, contra todos os trabalhadores de educação.
Tal desrespeito nos faz lembrar todo o discurso hipócrita desses a dizer: “Nós respeitamos sua luta, professor, mas nos preocupamos com o aluno!”, além da estúpida afirmação de que a escola é um espaço politicamente neutro. Nunca foi. 
Foto: FMEPT.ORG
Como afirmou Frei beto em sua participação no III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, acontecido entre os dias 26 e 29 de Maio no Centro de Convenções em Recife: “Não existe educação neutra. Toda educação é política. A questão é saber se está colocando azeitona na empada do opressor ou se é na empada do oprimido". A receita das empadas produzidas pelas Gerências Regionais de Educação do Estado de Pernambuco ao seu senhor, Paulo Câmara, apresenta discrepância nos sabores de quem as digere. Amarga ao professor que ousar atender à convocatória do frei e premiado escritor: “Façam da escola de vocês uma escola de utopia, uma escola de novos projetos políticos, uma escola de cidadania, uma escola da civilização do amor”.
Será preciso, primeiro, explicar aos nossos estudantes que a palavra SOCIALISMO está posta e interpretada de forma extremamente equivocada na sigla do partido eleito para cuidar de sua educação.

No link abaixo leia sobre a participação de Frei Beto no Fórum.
Frei Betto defende vínculo entre educação e movimentos sociais:


Foto: FMEPT.ORG